Máscaras e Jazz
    Escondem e cobrem o enigma da inocência.
    A incógnita obscura chega no negro da noite numa penumbra densa de segredos, de desejos e sedução.
    A primeira dança como oferenda na noite do baile carrega embalada pela música um belo mistério já envolvido em luxo e leveza.
    A luz dourada enfatiza uma sombra de charme nas caras e bocas que fazem poses fotográficas debaixo de suas novas faces.
    Os trajes elegantes guardam o calor dos corpos, emolduram as emoções dos pares em amor, em paixão ou magia, e deixam marcas na história, destas imagens e movimentos dos passos, gestos, olhares e sorrisos.
    E para completar os sentidos, fica um perfume no ar que aprisiona o imaginário dos convidados deste Baile de Máscaras.