Amigos na Espanha
    Terra que lembra sempre algo quente, “cuerpos e noches calientes”, sons ácidos de cordas, batidas e sapateados, pratos sofisticados com o que há de mais simples na natureza do fundo do mar ao mais alto do céu.

    Mulheres em vermelho dançando nas batidas bem marcadas de uma sintonia inconfundível do flamenco. Homens de voz rouca cantam a magia e a liberdade de um país sofrido mas rico de energia e cultura transbordante pelo mundo afora.

    Na variedade dos pratos e seus sabores mediterrâneos traz uma culinária rica de silêncio e de imaginação que a torna singular e fascinante, e com seu bom tempero incita nosso apetite e excita nossos corpos.

    Prendendo-nos assim pela alma e pelo estômago, a cultura espanhola nos leva a flertar com o belo, o culto, o esguio, o compassado, o fôlego, o fogo e a brasa. Valores inestimáveis capazes de trazer à realidade nossa, o cotidiano de esperança de um povo que sonha sempre com um dia ressurgindo cheio de novas conquistas.
    Vivemos uma homenagem a Espanha, com muitos de seus detalhes heterogêneos, e brindamos degustando sabores simples e apetitosos, junto dos Amigos do Peito numa noite cheia de vida, vibrante como o sangue que corre a cada segundo em nossas veias, mantendo-nos vivos e intensos. ¡Olé!